4 Comentários

  1. Rodrigo Artur

    Fabiano, parabéns pelo seu ensaio. Muito bom: claro, curto e objetivo, como penso que têm que ser os ensaios. Assim, o leitor é motivado a ler e aprofundar mais no assunto.

    Responder
  2. João Gualberto Barbosa

    Olá, amigo de Caminhada!
    Parabéns pelas suas ricas e dignas palavras de bom Filosofo. Também gostei dos exemplos colocados no presente pensamento trabalhado.

    Responder
  3. Fabiano

    Caro Rodrigo Artur, sinto-me lisonjeado pelas vossas palavras, apesar de muito das vezes carregadas de sofistícas ou sofismas, mas de qualquer modo me sinto engrandecido pelas vossas palavras. Isto evidencia que tenho trilhado nas pistas de um bem filosofar e me serve de incentivo em minhas pesquisas filosóficas.

    Responder
  4. Fabiano

    Caro irmão João Gualberto, muito me agrada e me engrandece saber que o presente trabalho, embora sucinto ajudou-o a refletir sobre o termo pessoa! Sua delicadeza em comunicar-me tais impressões são indicativos que trilho pelo caminho certo da filosofia! Um abraço!

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *