setembro 2011

You are browsing the site archives for setembro 2011.

Bruno Aparecido Nepomuceno Nietzsche fez-nos engolir sem nenhum paliativo a forte constatação da morte de Deus. Eis que tivemos que encarar a dura verdade na qual nossos olhos dogmáticos e metafísicos não ousavam corajosamente se fixar anteriormente, seja por insegurança do que poderia isso acarretar, seja por medo do que esta afirmação poderia causar num …

Continue reading O jogo e a repetição: a vida encarada no fluxo do eterno retorno em Nietzsche

Gustavo Moreira Mendes Este artigo tem o objetivo de apresentar as diferentes classes de filosofia segundo a obra principal de David Hume, Investigação acerca do entendimento humano (1748). O filósofo as classifica em duas, cada uma tendo seu mérito peculiar e podendo contribur para o entendimento, instrução e reforma da humanidade: filosofia “fácil” e clara; …

Continue reading As diferentes classes de filosofia segundo Hume

João Paulo Rodrigues Pereira   Introdução A proposta filosófica da contemporaneidade é, sobretudo, uma tentativa de propor novos caminhos para a filosofia, uma vez que esta perdeu o seu sustentáculo que a impulsionou até a modernidade: a metafísica. Por causa disto, os filósofos contemporâneos foram instigados a desbravar outros modos de pensar filosoficamente, como Heidegger …

Continue reading Crítica de Levinas à ontologia

Vinícius Nepomuceno Marra Nenhum pensamento filosófico surge em detrimento do acaso, e sim do contexto em que cada filósofo está inserido. O contexto sócio-político é indispensável na construção do pensamento filosófico de Nicolau Maquiavel[1]. Tal é sua preocupação, que escreve O Príncipe[2], sua obra principal, como expressão do desejo de ver uma Itália poderosa e …

Continue reading Lembranças da política maquiavélica em nosso Estado

João Paulo Rodrigues Pereira   “A consciência que o homem tem de Deus é a consciência que o homem tem de si mesmo” Percebe-se que ao longo da história, o homem muito se perguntou sobre a existência de Deus. Muitos foram os que tentaram provar a existência de Deus, como também, negá-la. Mas, sobretudo, esta …

Continue reading O ateísmo de Feuerbach