abril 2009

You are browsing the site archives for abril 2009.

Marcos Vinícius Ramos Reis   Certa vez, perguntado se acreditava em Deus, Albert Einstein respondeu: “Acredito no Deus de Espinosa”. Algumas divergências de opiniões Filosóficas e religiosas provocaram a excomunhão de Espinosa (1632-77) pela comunidade judaica de Amsterdã em julho de 1656. Tais opiniões se fundamentavam em sua concepção de “Deus e sua imanência no …

Continue reading A cabala de Espinosa: a influência mística em sua filosofia

José Henrique Coelho   Em sua obra Ser e Tempo Heidegger tem como principal objetivo fazer uma apresentação sobre a questão do ser, investigando seu sentido, procurando através da ontologia diferenciar ser e ente, e demonstrar o tempo como horizonte de compreensão do ser. Nesse sentido, o presente artigo propõe discutir a respeito do ser …

Continue reading A questão do ser segundo Heidegger

Juliano Aparecido Pinto É possível filosofar sem a desconstrução do óbvio? René Descartes (1596-1650) é o filósofo que inaugura o pensamento moderno. Inicialmente seu objetivo é encontrar um fundamento para o saber e para a realidade, pois percebe que as antigas concepções estão se desmoronando por causa dos avanços no campo da ciência e do …

Continue reading A dúvida cartesiana como possibilidade para o filosofar

Evaldo Rosa de Oliveira   Recentemente completaram-se 409 anos de condenação e execução de Giordano Bruno (1548 – 1600). Um homem de temperamento inquieto e ao mesmo tempo consciente da consequência que suas ideias causavam em sua época. Teve vários conflitos com instituições e doutrinas oficialmente estabelecidas por não concordar com as verdades “imutáveis”, não …

Continue reading Giordano Bruno e o universo infinito