12 Comentários

  1. Maurício de Assis Reis

    Parabéns Bruno, pelo seu artigo sobre Rousseau.
    Vejo que você foi preciso ao descrever a diferença
    das línguas nórdicas das línguas, digamos, meridionais, se é que podemos usar tal nomenclatura em Rousseau. E, como não podia deixar de aparecer, a percepção de uma tal linguagem dentro da questão política, marca de Rousseau, como também dos iluministas de seu tempo.
    Continue pesquisando e trabalhando. Você vai longe…

    Responder
  2. cassia g ramos

    Olá, adorei a materia sobre o ROUSSEAU.

    Preciso copia-lá, favor é possivel me enviar por e-mail para eu imprimir……..

    Grata desde já….

    meu msn é :

    cassildagr@hotmail.com

    Responder
  3. Edilma

    Um bom artigo! Conseguiu esclarecer alguns pontos sobre Rousseau e a linguagem de uma forma bem simples e acabou me ajudando muito.

    Responder
  4. Anabel Silva

    Parabéns! Esse artigo sobre Rousseau clareou um pouco a minha
    ideia a respeito do tema do meu TCC.
    Valeu mesmo!!!

    Um grande abraço,

    Anabel – Estudante de Letras – UFAL

    Responder
  5. Stephanie

    Ontem li a origem das palavras e fiquei impressionada com seu artigo foi claro e sucinto.
    Parabéns.

    Responder
  6. daltson takeuti

    Redação clara e simples, sem perder a profundidade do texto original. Parabéns!

    Responder
  7. Bruno Campos

    Obrigado por prestigiarem o blog e meu artigo, estou grato pelas considerações.

    Responder
  8. Julecy Campos - estudante de Filosofia

    Parabéns Bruno!
    Seu artigo é maravilhoso.

    Responder
  9. André Ribeiro

    Gostei muito do artigo, ajudou muito a entender sobre Rousseau.

    Responder
  10. bruno campos

    obrigado mais uma vez por prestigiarem o blog e meu artigo, estou sempre a disposição!!!

    Responder
  11. Ana

    Muito bom!!!

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *