1 Comentário

  1. Catarina ferreira braga(KARUNA)

    Olá ,boa noite!
    Obrigada pela oportunidade de apresentar este lúcido comentário de um dos maiores filósofos deste século ,Swami Prabhupada e,como voces podem ver,ele está muito além da confusão empírica,é digno de um olhar sem preconceito.

    dehino ‘smin yatha dehe
    kaumaram yauvanam jara
    tatha dehantara-praptir
    dhiras tatra na muhyati

    “Assim como a alma encarnada passa seguidamente neste corpo da infância à juventude e à velhice, similarmente, a alma passa para outro corpo após a morte. Uma pessoa sóbria não se confunde com tal mudança.” (Bg. 2.13)

    Nessa aula, Srila Prabhupada explica que não somos esse corpo. Esse é o primeiro entendimento que devemos ter acerca de nossa natureza espiritual. Os materialistas apenas desejam obter para si o melhor conforto para este corpo. Assim que caímos no conceito corpóreo de vida, imediatamente existe a necessidade de gratificação dos sentidos. Logo, todos nessa era tem como principal ocupação a gratificação dos sentidos. A filosofia ocidental é o hedonismo, que é comer, beber, festejar e aproveitar.

    Se voce tem dúvidas por favor entre em contato comigo
    karuna@ibest.com.br
    skype karunadasi
    Estudante de Letras na Estácio de Sá.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>